Vejam a velocidade com que os governos levam nosso suado dinheirim...

domingo, 9 de junho de 2013

No comando!!!

Tudo começou faz mais ou menos uns vinte anos. Uma emissora de televisão local que exibe seu sinal a partir da capital da terra de Iracema iniciou a produção e exibição de um programa com o nome bem sugestivo (Pedaço de trilho) para a época onde durante mais ou menos uma hora exibia as mazelas, tragédias e agonias do povo sofrido da periferia. Vale lembrar que desde aqueles tempos imemoriais a cor predominante no estúdio e na própria logomarca do programa era vermelho. Nada demais, pois se vivemos em uma democracia e há liberdade de expressão isso não é coisa fora da lei.

Pois bem: Mas o troço, ou melhor o programa foi caindo no gosto do povão na periferia, depois fechando a audiência em forma de aspiral cônica atingindo o (mal?) gosto de todos. E com certeza deve vender, pois se mantém até os nossos dias e em expansão senão vejamos:

Pois bem 2: Passados mais de duas décadas constato com grande tristeza que nos atuais dias não somente uma, mas três emissoras locais estão exibindo e o que é pior, mais de 60 % de suas grades de programação as mesmas mazelas. Não que desejamos ocultá-las. De jeito "nium" como diria rorró a philósofa matuta que desenhava o nome nos quinze de novembro de outrora. 

Pois bem 3: Mas o que ganhamos em termos três emissoras de tv exibindo quase que diuturnamente as desgraças e as mazelas? Em que isso ajuda? Matérias extensas narradas por profissionais de competência não tão primorosas, que exaustivamente ficam repetindo frases desconexas apenas para chamar a atenção do telespectador incauto, ignorante... Se esguelam sem parar durante horas e horas com seus rostinhos de mocinhos, mas que não estão muito aí para o real problemas. Quando ele (o problema) passa pertinho se exaltam cobram das autoridades mas não passam dai. 

Pois bem 4: Depois se "canidatam" a algum cargo eletivo, geralmente ao parlamento e pronto. Ou melhor, "-Ponto final... Problema (dele apresentador é claro) resolvido.

Pois bem 5: E desta falha só um deles, coincidentemente o mais antigo, não enveredou por este caminho. Sua formação doutrinária o fez assim. Homem reto que apesar de apresentar tal programação sempre termina com uma mensagem nos convidando a refletir...

Pois bem 6: Estaria aí uma falha na grande Matrix? Não há harmonia... Não há esquilíbrio... Tudo tende a desendar... O povo já quase não mais se assusta... Sai feito gado tangido rumo ao seu afazer.

Pois bem 7: É Deus por todos nós...

Tenho dito... E sempre!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário