Vejam a velocidade com que os governos levam nosso suado dinheirim...

terça-feira, 30 de julho de 2013

"As crônicas apócrifas"

 É isso mesmo amado, estimado, idolatrado e tantos outros ...ados leitor de minhas mal traçadas linhas. Era final da década de oitenta e já se vão vinte e cinco anos. Umas escritas pueris e cheia de fantasias me acalentavam sonhos de um escritor famoso que vivesse tal qual Jorge Amado às custas de suas letras. Ledo engano. Apesar da opinião honrosa do meu grande mestre e professor de Literatura Brasileira Arnaldo Farias de Sá, do Colégio Luciano Feijão na capa quando o mesmo me deu a honra de sua apreciação, os pergaminhos ficaram perdido por longo tempo. Agora recuperados e apresentados superficialmente aos imortais da Academia Palmense de Letras Eliton MenesesFernando Machado Albuquerque Machado eBenedito Gomes Rodrigues, a gente riu um bocado e deixando de lado os entretantos e partindo pros finalmente ficou decidido que os mesmos a exemplo de alguns evangelhos que foram ocultados pela igreja, esta obra também assim permanecerá. Apenas como prova vos revelo a capa e o índice com o conteúdo do mesmo. que vai de algumas lembranças pelas noites boemias onde sorvia o licor dos Deus no Bar do amigo o Sr José Liorde, quando ainda funcionava na Rua Mariano Lopes, a relatos da vida cotidiana da época. Metido e poeta e boêmio ainda não tinha inveredado pelo lado da crítica ferina. Bons tempos aqueles...


Nenhum comentário:

Postar um comentário